Saade avança nos debates para a construção da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar

fonte: Boletim da Reitoria UFSCar (http://www.blogdareitoria.ufscar.br/wp-content/uploads/Boletim-da-Reitoria-16-06-2016.pdf)

Dando continuidade à construção participativa e dialógica da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar, a Secretaria de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (Saade) realizou na última segunda-feira (13/6), no Campus Sorocaba, novo seminário temático, desta vez sobre Relações Étnico-Raciais.
Na ocasião, servidoras e servidores docentes e técnico-administrativos e estudantes do Campus discutiram as ações afirmativas na UFSCar voltadas às populações indígenas e negras e refletiram sobre as relações étnicas e raciais no cotidiano da vida universitária, considerando as diferentes categorias que constituem a comunidade universitária.
A conversa contou com a participação de Monica Caron, professora do Departamento de Geografia, Turismo e Humanidades (DGTH), que fez um resgate histórico relacionado à Declaração Universal dos Direitos Linguísticos, promulgada em 1996 em Barcelona, na Espanha, com o objetivo de evidenciar como as línguas oficiais refletem opções políticas dos países e os interesses das classes dominantes. “No Brasil, nós temos em circulação 210 línguas naturais, 180 línguas indígenas vivas e 30 línguas estrangeiras e, ainda assim, somos considerados, equivocadamente, um país monolíngue. Em consequência, no cenário nacional, nem as línguas diferentes do Português, nem as pessoas falantes dessas línguas são atendidas nas políticas públicas de diferentes áreas, como Educação e Saúde”, registrou Caron. Para a professora, a UFSCar deve considerar que o ser humano é fundamentalmente diverso – em suas línguas, costumes e formas de expressão – para combater o preconceito por meio de uma política verdadeiramente comprometida com a inclusão.
Marcos Pereira, Mestre formado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEd) do Campus Sorocaba e militante do Movimento Negro em Sorocaba, resgatou a sua trajetória como pesquisador negro dentro da UFSCar e destacou a necessidade de urgência no fortalecimento das políticas de igualdade na Instituição. “A vulnerabilidade da pessoa negra e da família negra fica evidenciada em todos os índices de desenvolvimento humano e social. A Universidade tem de ser agente transformador dessa realidade”, afirmou. Erlete de Ceita Pires dos Santos, natural de São Tomé e Príncipe e estudante do curso de Administração, também relatou sua chegada ao Campus Sorocaba por meio do PEC-G (Programa de Estudantes-Convênio de Graduação), e afirmou acreditar na necessidade de uma política que contribua para a desconstrução de uma imagem negativa do continente africano. “Fui muito bem recebida no Brasil e na UFSCar e repetiria a minha escolha, mas a desinformação sobre a história do negro e da África ainda é fonte de muito preconceito e discriminação”, disse a estudante.
Por sua vez, Geovan José dos Santos, indígena da etnia Pankararu, defendeu a construção de um diagnóstico da realidade e dos problemas enfrentados pelas comunidades indígenas na UFSCar. “Precisamos acabar com os estereótipos que tantas vezes homogeneízam nossas línguas, culturas e identidades. Também acredito que a Instituição deve investir no aperfeiçoamento das ações de acolhimento às populações indígenas e que a nova política deve considerar as especificidades de cada povo e a valorização dos seus saberes”, afirmou.
No debate, também foram levantadas questões sobre a formação de docentes para o trato com a diversidade cultural dentro das salas de aula, processos de ensino e aprendizagem efetivamente inclusivos, o apoio pedagógico a estudantes de diferentes etnias e culturas e meios para o combate às barreiras linguísticas e sociais historicamente construídas dentro das universidades.

Registro do Seminário Temático de Inclusão e Direitos Humanos ocorrido no campus Sorocaba no dia 31/05/2016

Abaixo é possível acompanhar ao vídeo que registrou o Seminário sobre Inclusão e Direitos Humanos que teve como objetivo debater questões relacionadas às Políticas sobre Educação Inclusiva no Ensino Superior, a fim de contribuir para a construção, participativa e dialógica, da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar.

Para contribuir com o debate, foram convidados a Profa. Teresa Cristina Leança do Departamento de Ciências Humanas e Educação da UFSCar e o Sr. Magno Donizetti de Oliveira, representante do Movimento Livre Independente. O evento foi gratuito e aberto à participação das pessoas interessadas.

 

A SAADE agradece todas as pessoas que participaram do Seminário e que colaboraram para que este momento acontecesse.

 

 

SAADE disponibiliza vídeos com Seminários sobre temas relacionados à seu escopo de atuação

No mês de abril de 2016, a SAADE realizou 3 seminário com o intuito de apresentar um breve panorama histórico, político e conceitual sobre os temas relacionados ao escopo de atuação da Secretaria.

Estes seminários foram transmitidos ao vivo e, posteriormente, receberam a tradução em LIBRAS.

Agradecimento à Secretaria de Educação à Distância que possibilitou a transmissão ao vivo e o registro do seminário; agradecimento ao Anderson Marques da Silva e à Sarah Leite Lisbao Machado Diniz, tradutores de LIBRAS, agradecimento à Lara Cristina que finalizou a edição do vídeo e ao Pedro Dolosic Cordebello, pelo suporte na finalização dos vídeos.

Abaixo é possível acompanhar os registros destes seminários:

Registro do Seminário Temático de Inclusão e Direitos Humanos ocorrido no campus São Carlos no dia 17/05/2016

Abaixo é possível acompanhar ao vídeo que registrou o Seminário Temático Inclusão e Direitos Humanos que aconteceu no formato de Roda de Conversa, no dia 17 de maio, das 18h30 às 21h no Teatro de Bolso, no campus de São Carlos.

O Seminário faz parte do processo de construção, participativo e dialógico, da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar.

Durante a transmissão ao vivo ocorreu um problema no áudio. A partir dos 15 minutos e 10 segundos é possível acompanhar o vídeo com áudio.

A SAADE agradece todas as pessoas que participaram da Roda de Conversa e que colaboraram para que este momento acontecesse.

Vestibular Indígena 2016

Estão abertas as inscrições para o Vestibular Indígena 2016 da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Os interessados tem até o dia 4 de Setembro para realizar a inscrição, que é feita exclusivamente pelo envio dos documentos via Correios.
Podem se candidatas estudantes indígenas que cursaram o Ensino Médio em escolas públicas ou indígenas.
As provas serão aplicadas nas cidades de Cuiabá/MT, Manaus/AM, Recife/PE e São Paulo/SP, em
endereços a serem previamente consultados pelos candidatos, exclusivamente pela Internet, quando da
divulgação da convocação para as provas.

Acesse aqui o edital para mais informações. Vestibular Indigena 2016 – UFSCar

Reuniões abertas para construção participativa da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar já estão acontecendo em todos os campi. Conheça o cronograma

Fonte: http://www.blogdareitoria.ufscar.br (Publicada em 04/05/2016)

Nos últimos dias, sob a coordenação da Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar (Saade), começaram a ser realizadas as reuniões para construção participativa da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da Universidade, bem como para a definição das prioridades de atuação da Saade ainda em 2016. O processo envolve a constituição de comissões em cada campus, abertas à participação de estudantes de graduação e pós-graduação, servidoras e servidores docentes e técnico-administrativos, integrantes das equipes que prestam serviços terceirizados na Universidade e demais pessoas que acessam os diversos serviços disponibilizados pela Instituição à sociedade em geral. O cronograma de encontros e atividades pode ser acompanhado no Blog da Saade.

A metodologia de trabalho proposta visa criar canais para ampliar a participação da comunidade da UFSCar na elaboração da Política; oportunizar espaços para pessoas, grupos, movimentos e/ou associações apresentarem demandas; estreitar o diálogo entre a Saade e a comunidade da UFSCar; articular e estabelecer processos de comunicação entre os campi nos temas afetos à Saade; potencializar a participação popular na futura implementação e fiscalização da Política; e ampliar a qualificação da Saade e da comunidade da UFSCar para processos participativos afetos aos temas e objetivos da Secretaria. O cronograma estabelecido prevê a realização de seminários temáticos, cujos resultados sistematizados deverão, posteriormente, ser objeto de consulta pública. Após a consulta, serão realizados fóruns para o fechamento da redação da Política, com previsão de encaminhamento ao Conselho Universitário (ConsUni) para apreciação em outubro deste ano.

Em São Carlos, já foram realizadas reuniões nos dias 26 de abril e 2 de maio, para apresentação inicial da Secretaria e constituição das comissões. Os próximos encontros estão agendados para o dia 9 de maio. Das 16h30 às 17h30, no Auditório 3 da Biblioteca Comunitária, acontece reunião da comissão de prioridades, com o objetivo de levantamento de demandas relacionadas ao escopo de atuação da Saade. Das 17h45 às 19 horas, no Auditório do Curso de Educação Especial (área Sul do Campus, próximo ao edifício do Centro de Educação e Ciências Humanas), acontece a reunião da comissão de construção da Política, que deverá definir formato e metodologia para a Roda de Conversa com o tema “Inclusão e Direitos Humanos/Acessibilidade” agendada para 17 de maio.

Em Sorocaba, a primeira reunião aconteceu em 28 de abril, e o primeiro encontro da comissão da Política acontece nesta quinta-feira (5/5), às 10 horas, na sala 110 do AT-2. O objetivo é a indicação de pessoas para participação dos seminários temáticos, bem como a definição de datas, horários e locais para esses eventos. No dia 19 de maio, às 10 horas, também na sala 110 do AT-2, acontece a reunião da comissão para definição de prioridades.
No Campus Lagoa do Sino, um primeiro encontro aconteceu no dia 27, e neste momento estão sendo constituídas as comissões. Em Araras, a primeira reunião está agendada para o dia 10 de maio, às 17h30, no Auditório do Prédio Central.

A participação em todas as reuniões é aberta a todas as pessoas interessadas. Além do acompanhamento de novidades pelo Blog da Saade, o contato com a Secretaria também pode ser feito pelo telefone (16) 3351-9771 ou pelo e-mail saade@ufscar.br.

Secretaria realiza reuniões abertas em todos os campi para construção da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar

(Fonte: Inforede – Notícias UFSCar / Coordenadoria de Comunicação Social, divulgado em 19/04/2016)

A partir da próxima semana, a Secretaria de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar (Saade) realizará uma série de reuniões nos quatro campi da UFSCar para dar início à construção da Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da Universidade, de forma participativa e dialógica. Nos encontros, serão apresentadas a estrutura organizacional e a metodologia de gestão que sustentam as ações da Saade, bem como os canais de comunicação com a Secretaria. Também serão formadas, em cada campus, duas comissões: uma para contribuição ao processo de construção da Política e outra para o processo de definição das prioridades de ação da Saade para o segundo semestre de 2016.
A formação dessas comissões abertas integra as ações da Saade voltadas à construção do diálogo com um conjunto diverso de grupos e pessoas neste seu momento de instalação, como noticiado na última edição do Boletim da Reitoria. Mais informações sobre a composição das comissões podem ser conferidas no convite da Saade à participação nas reuniões.
No Campus São Carlos, a reunião acontece na próxima terça-feira (26/4), às 17h30, no Anfiteatro 3 da Biblioteca Comunitária. No Campus Lagoa do Sino, o encontro acontece no dia 27 de abril, às 14 horas, na sala 102. Em Sorocaba, a reunião acontece no dia 28, às 10 horas, no auditório do edifício do Centro de Ciências em Gestão e Tecnologia (CCGT). No Campus Araras, a reunião será agendada para o início de maio, em data e local a serem divulgados.
Nas reuniões, serão apresentados materiais e documentos que visam orientar os trabalhos das comissões que serão formadas. Parte desses materiais já pode ser consultada no blog da Saade, acessível em http://blog.saade.ufscar.br. O contato com a Secretaria também pode ser feito pelo telefone (16) 3351-9771 e pelo e-mail saade@ufscar.br.
Nas últimas semanas, a Secretaria já realizou seminários de formação que abordaram aspectos históricos, políticos e conceituais de suas diferentes áreas de atuação, organizadas nas coordenadorias de Diversidade e Gênero; de Relações Étnico-Raciais; e de Inclusão e Direitos Humanos. Um breve relato das apresentações feitas nos seminários e os links para a cobertura em vídeo na íntegra podem ser conferidos no Blog da Reitoria.

Apresentação SAADE

SECRETARIA GERAL DE AÇÕES AFIRMATIVAS, DIVERSIDADE E EQUIDADE

A Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (SAADE) é um órgão de apoio administrativo vinculado à Reitoria da Universidade Federal de São Carlos, responsável pelo estabelecimento e implementação de políticas de ações afirmativas, diversidade e equidade para a UFSCar, bem como pela criação de mecanismos permanentes de acompanhamento e consulta à comunidade, visando verificar a eficácia dos procedimentos e a qualidade e repercussão dos resultados alcançados.

Ações Afirmativas são o conjunto de políticas que tem por objetivo combater práticas discriminatórias, equacionar suas conseqüências, agindo com medidas especiais e temporárias, espontânea ou compulsoriamente, com o objetivo de eliminar desigualdades historicamente acumuladas, garantindo a igualdade de oportunidades e tratamento, bem como de compensar perdas provocadas pela discriminação e marginalização, decorrentes de motivos raciais, étnicos, religiosos, de gênero e por deficiências.

A UFSCar vem construindo medidas de Ações Afirmativas há muitos anos e em diversos setores. Em junho de 2007, a Portaria GR nº 695/07 implantou o ingresso por reserva de vagas para acesso aos cursos de Graduação da UFSCar, no Programa de Ações Afirmativas.

É preciso destacar que é dentro de um histórico de ações e de militância em torno das questões relacionadas às ações afirmativas, às diversidades e à equidade que a SAADE foi estruturada como mais uma resposta às demandas que surgem no cotidiano da UFSCar.

Em junho de 2015, a Resolução do CoAd nº 076 institui, oficialmente, a criação da SAADE.

A SAADE possui uma Secretária Geral que, atualmente, é a Profa. Dra. Maria Waldenez de Oliveira e possui o assessoramento de um Comitê Gestor e de um Conselho. Internamente, a SAADE divide suas atividades em três coordenadorias:

  • Coordenadoria de Inclusão e Direitos Humanos (CoIDH) – Profa Dra Rosimeire Maria Orlando

Compete acolher e promover políticas, reflexões e ações que visem garantir a inclusão e acessibilidade (atitudinal, arquitetônica, metodológica, programática, instrumental, transporte, comunicacional e digital) de servidores, estudantes e da comunidade em geral.

  • Coordenadoria de Relações Étnico-Raciais (CoRE) – 

Compete acolher e promover políticas, reflexões e ações sobre as relações étnico-raciais (gerais e institucionais) como forma de combate ao preconceito e à intolerância.

  • Coordenadoria de Diversidade e Gênero (CoDG) – Profa Dra Natália Rejane Salim

Compete acolher e promover políticas, reflexões e ações relativas às relações de gênero e diversidade sexual na sociedade, de modo geral, e na instituição, de modo específico, atuando no combate à violência de gênero, à homofobia e transfobia.

SEMINÁRIOS

Nos links abaixo é possível assistir aos vídeos com os seminários relacionados às coordenadorias da SAADE.

 

LOCALIZAÇÃO

Provisoriamente, a SAADE se localiza no campus de São Carlos, na área norte, no prédio atrás do Teatro Florestan Fernandes, de frente ao Departamento de Engenharia Química (DEQ).

Para entrar em contato com a SAADE é só ligar para o 3351-9771 e falar com Sandro que é o técnico-administrativo que trabalha na secretaria, além do e-mail saade@ufscar.br

Documentos Internos:
Documento de Criação SAADE